terça-feira, 19 de Maio de 2009

Biografia - Joey Jordison


Nome completo: Nathan Jonas Jordison - Baterista
Nickname: Superball/"Small Remarkable"
Data de Nascimento: 26/04/1975
Número na banda: #1
Estado Civil: Solteiro
Máscara: Kabuki (Máscara Japonesa) com coroa de espinhos
Influências musicais: Ozzy Osbourne

É o mais baixo da banda com 1,63 m.. Ele conheceu um amigo chamado Alison Phelipe S.J., que passou a se tornar o seu melhor amigo. Foi ele que incentivou Joey a involver-se nos Slipknot.
Joey já tocou em várias bandas como: Avanga, The Havenots, Anal Blast, The Regects, Satyricon, American Head Charge, Ministry, Metallica e trabalhou como baterista temporário dos Korn, mas já retornou aos seus trabalhos com os Slipknot para as gravações do albúm All Hope Is Gone.
Nos Slipknot, cada um é representado por um número. Joey é o #1. Durante o Ozzfest de '99, Joey fez algumas pinturas que deram mais vida à sua máscara. Ao longo da carreira, essas mudanças se tornaram mais frequentes.

Admira muito Ross Robinson e afirma que o cara é completamente louco. Joey diz que durante as gravações de um álbum dos Slipknot, Ross lhe amadou um vaso. O vaso não lhe acertou e acabou por acertar na parede e os pedaços espalharam-se por toda parte... tinha pedaços do vaso até na sua boca. Escolheu o número 1 pois esse número significa "começo" e na maioria das vezes é ele que coloca o primeiro tijolo para iniciar a construção das músicas. Ele diz ser primo de Marilyn Manson devido a uma grande amizade de anos. Durante a gravação do "People = Shit" quebrou 5 pares de baquetas. Foi ele que criou o termo "Maggot", referindo-se aos fãs dos Slipknot. Fez parte de um projeto da Roadrunner Records chamado "Roadrunner United", que consistia num grupo formado por membros das várias bandas ligadas à editora.
No verão de '07, foi o baterista dos Korn durante a sua turnê nos Estados Unidos e na Europa, desconhecendo-se ainda a existência de qualquer colaboração de estúdio com esse grupo.
Joey é considerado o melhor baterista da actualidade pela revista Rolling Stone. Extremamente rápido nos seu solos e nas músicas, é muito adorado pelos seus fãs e críticos do mundo todo.


Curiosidades:
Prefere a guitarra do que a bateria;
Não gosta de brigas por causa da sua altura;
Joey Jordison afirma que fez sexo com sua ex-noiva usando a sua máscara.
Recentemente, Joey afirmou numa entrevista que enfrentou problemas com drogas antes das gravações do albúm "All Hope Is Gone".

Biografia - Sid Wilson



Nome completo: Sidney George Wilson - DJ
Nickname: DJ StarScream/"Monkey Boy"/"Rat Boy"
Data de Nascimento: 15/03/1978
Número na banda: #0
Estado Civil: Solteiro
Máscara: Sid antes usava máscaras de gás e algumas variações de máscaras de caveiras. Actualmente usa uma máscara que faz lembrar um andróide.
Influências musicais: Grandmaster Flash, DJ Jazzy Jeff, DJ Cash Plenty, Invisible Scratch Pickles Crew, Executioners (Ex X-Men) & S.P.C.

A primeira paixão de Sid Wilson foi o Punk Rock. Na altura tocava baixo e saxofone em várias bandas punk da sua cidade natal, e essa paixão e atitude é evidente em todos os projectos em que ele se envolve. Ele também era DJ em clubes em Des Moines.

Filmes Favoritos:
#1. Drunken Master 2
#2. Black Mask
#3. Man on the Moon
#4. Evil Dead
#5. Evil Dead 2
#6. Army of Darkness
#7. Phantasm


Curiosidades:
É um grande fã dos Beastie Boys.
Sid costumava por fogo em si mesmo, até que os bombeiros ameaçaram prendê-lo por tentativa de suicídio.
Sid é muito bom em fazer "scratches" enquanto os seus discos estão em fogo. Por causa dos bombeiros, essa prática está proibida.
Joey Jordison descreve Sid como: "O Homem Das Damas";
É o sarcástico da banda, e um dos mais loucos;
As vezes confronta Shawn Crahan nos palcos, e fazem um tipo de "luta" durante o show. Apesar de saber que o palhaço perde sempre nas "lutas", ele se diverte fazendo isso.
Ele aparece num DVD da banda Linkin Park, junto com o seu Dj, (Joe).



Mais Info. : http://www.slipknotbr.com/?sk=slipknot/integrantes

segunda-feira, 18 de Maio de 2009

História - 1º albuns

O primeiro álbum da banda na Roadrunner é "Slipknot", o que elevou a banda a um novo patamar. Produzido por Ross Robinson, este álbum é considerado por muitos, um dos melhores na área do metal e do rock pesado em geral. Ross na época também era produtor de bandas como Korn, Limp Bizkit e Sepultura. Após o lançamento, a banda fez apresentações constantemente para conseguir ganhar mais “Maggots”, o que culminou na apresentação da banda no Summer Ozzfest em '99, onde tocaram para um número bem maior de pessoas e conseguiram um grande número de fãs. No mesmo ano foi lançado o VHS Welcome to Our Neighborhood. Com o tocar nas rádios dos singles “Wait And Bleed” e “Spit It Out”, a banda ganhou ainda mais espaço na mídia, porém o sucesso dos Slipknot aconteceu em maior parte devido à boca-a-boca e a grande quantidade de shows. E na primavera americana de '00, o álbum Slipknot (self-title) virou disco de platina, o primeiro disco platinado da Roadrunner, tornando a banda o ícone maior da gravadora.
Em agosto de '01 é lançado o segundo álbum oficial da banda, "Iowa", apesar da expectativa o álbum não fez o mesmo sucesso que o anterior, mas ajudou os Slipknot a aumentar a sua popularidade com músicas como "People = Shit", "Left Behind", "The Heretic Anthem" e "My Plague" que fez parte da banda sonora do filme Resident Evil. No ano seguinte a banda gravou o seu primeiro DVD ao vivo, "Disasterpieces" gravado em Londres, o show contou com tudo de bom que o Slipknot pôde apresentar tocando suas músicas clássicas, um dos melhores do gênero.
Depois disso houve boatos que os Slipknot estavam no fim, o que preocupou os fãs da banda, mas o vocalista Corey Taylor tratou de desmentir tudo isso e prometeu que um novo álbum estava à caminho, e em Maio de '04 é lançado o terceiro álbum da banda, o tão elogiado Vol. 3: (The Subliminal Verses) esse novo álbum apresentou um novo Slipknot, com novas máscaras e um som ainda mais atractivo. O álbum não foi muito bem recebido pelos velhos fãs da banda, acusando os integrantes de terem se vendido tocando músicas mais calmas e no violão como "Circle e Vermilion Pt.2", o facto é que os Slipknot tornaram-se ainda mais populares, a banda mostrou que têm técnica e fazendo turnés arrebatadoras, tornando-se assim uma das mais bem sucedidas bandas de metal do mundo.
No dia 26 de Agosto de 2008 lançou o aguardado 4º álbum da banda intitulado "All Hope Is Gone". O seu primeiro single que se chama "Psychosocial", que cujo clipe foi lançado dia 18 de Julho e já está a fazer muito sucesso!


A banda criou a sua própria marca, a "Maggot Recordings", e teve como primeira aquisição à banda "Downthesun". Enquanto Jim Root e Mick Thompson trabalhavam em material solo, e Sid Wilson trabalhava debaixo do nome fantasia DJ Star Scream, Joey Jordison (a actuar como guitarrista) trabalhava com um grupo chamado The Rejects e Corey Taylor iniciou uma banda intitulada Superego. Corey também contribuiu para a banda sonora do filme "Homem-Aranha" com uma canção solo, “Bother”. No verão americano de '02, Joey se juntou ao guitarrista da fraca banda Static-X, Tripp Eisner, para formar o Murderdolls. Corey na mesma época reformulou sua antiga banda, Stone Sour, e lançou um óptimo álbum, aclamado pela crítica e até por aqueles que odiavam os Slipknot. Taylor afirmou no site oficial da banda que seus integrantes já não se falavam há meses, e que seria melhor que cada um tomasse o seu caminho.
No inicio de '03, Corey Taylor retirou as suas palavras, e ainda por cima anunciou que um novo álbum dos Slipknot estaria por vir. No meio do ano, começaram a trabalhar com o fenomenal produtor Rick Rubin, considerado um dos melhores do ramo. No começo de '04, o grupo fez uma tour preparatória para a Ozzfet e em Maio foi lançado o terceiro álbum da banda da Roadrunner, o prestigiado "Vol.3:The Subliminal Verses", considerado por muitos o melhor trabalho da banda. Eles aindam deram um "melhoramento" nas máscaras, tornando-as assim mais futuristas. E assim seguiram a sua rotina arrabatadora...

História - Começo

Em 1995, entre a reunião de nove moradores da cidade de Des Moines em Iowa, surgiu a banda Slipknot. A primeira apresentação foi feita na dicoteca "Runaway", na época o único local na cidade a aceitar heavy metal, new-metal. Nessa época Shawn Crahan levou, por brincadeira, uma máscara de palhaço ao ensaio. Os outros membros gostaram da ideia e usaram um macacão como novo elemento da fantasia.
Com influências nos Black Sabbath, Slayer e Sepultura, a banda seguiu o fluxo de bandas de metal alternativo que surgiram após a banda Korn. Ganharam destaque devido á capacidade musical e também pela aparência dos integrantes, trajados de máscaras horripilantes e macacões industriais. Os críticos achavam a aparência da banda ridícula e sem gosto. Outra marca da banda desde o início, é ter dado carinhosamente o apelido de "Maggots" (vermes/larvas) aos fãs, esse apelido foi inventado por Joey Jordison, baterista dos Slipknot. As letras da banda sempre foram horripilantes, sombrias, raivosas e melancólicas, o que estava em alta no mercado musical da época.